segunda-feira, 22 de maio de 2017

Plenário do STF vai decidir sobre suspensão de inquérito contra Temer

Sessão ocorrerá na próxima quarta-feira (24).
STF
STFFoto: DIVULGAÇÃO
O ministro Luiz Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), autorizou a perícia no áudio apresentado pelo dono da JBS Joesley Batista. Contudo o relator da Lava Jato decidiu levar para o Plenário do STF a decisão sobre a suspensão do inquérito contra o presidente Michel Temer.

O pedido foi feito pela defesa do presidente nesse sábado (20). A sessão ocorrerá na próxima quarta-feira (24).

O advogado de Temer, Antônio Mariz, pede que o inquérito aberto por Fachin na semana passada seja suspenso até a conclusão da perícia. Em pronunciamento feito à nação neste sábado, o presidente se referiu ao áudio como "fraudulento".

Perícia contratada pela Folha de S.Paulo aponta para edição de 50 pontos do áudio apresentado por Joesley no qual o dono da JBS conversa com Temer por quase 40 minutos.

Polícia Federal informou que recebeu os áudios da delação premiada firmada pela JBS para analisar se houve corte ou edição nas gravações, porém disse que não há prazo para conclusão da perícia. A nota divulgada pela PF informa que "é fundamental ter acesso ao equipamento que realizou as gravações originais" para fazer a análise. Por isso, solicitou à Procuradoria o aparelho.

Janot
Ainda nesse sábado, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu que o STF dê sequência ao inquérito que investiga Temer por obstrução de justiça, corrupção passiva e organização criminosa. De acordo com o PGR, há uma contradição no pedido do advogado do presidente "visto que o inquérito existe justamente para a apuração dos fatos e para a produção de evidências, dentre elas perícias técnicas".

Janot diz ainda que a gravação passou por avaliação técnica na Procuradoria. De acordo com uma "análise preliminar", o material é "audível, inteligível e apresenta uma sequência lógica e coerente, com características iniciais de confiabilidade".

A Procuradoria alega também que a gravação feita por Temer é "harmônica e consentânea com o relato da colaboração de pelo menos quatro colaboradores". Janot, no entanto, diz não ser contrário à realização de uma perícia, como pedido por Temer, desde que não haja interrupção das apurações.

Polícia desarticula quadrilha acusada de roubo de bancos e carros-fortes

Grupo atuava nos Estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Ceará
Operação Capitania
Operação CapitaniaFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco
Foi deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (22), a operação denominada “Capitania”, que tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atuava nos Estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Ceará. Ao todo, serão cumpridos 15 mandados de prisão preventiva, 16 de busca e apreensão e um mandado de condução coercitiva. O grupo é acusado pelos crimes de organização criminosa, roubos a instituições financeiras e carros-fortes (mediante utilização de explosivos), comércio ilegal de armas de fogo, entre outros. 
 A operação ocorreu no Agreste de Pernambuco, em Caruaru, Bom Jardim, Orobó, Santa Cruz do Capibaribe, em Palmares, Zona da Mata de PE, e em Alcantil, na Paraíba. O líder do grupo criminoso, identificado como Genilson Batista, 27 anos , natural da PB, foi preso no município de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco . Com a organização foram apreendidas armas e explosivos.
 Os presos e os materiais apreendidos serão encaminhados para a sede do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) e um mandado de prisão preventiva será cumprido contra um detento que se encontra na penitenciária padrão de Campina Grande, Paraíba.“ Com a desarticulação dessa organização nos evitamos três ações com uso de explosivos no estado (PE), que poderiam ser contra agências bancárias ou carros fortes”, explicou o chefe da polícia civil, Joselito Amaral.
A operação é decorrente de 6 meses de investigação e ,no total, foram emitidos 15 mandados de prisão, dentre estes 13 foram cumpridos. Os detalhes da operação serão apresentados nesta terça-feira (23) em coletiva.  
Operação Capitania

Decisão da OAB agrava situação política de Temer

A decisão da OAB de pedir o impeachment de Temer agravou a situação política do presidente, admitem aliados. Advogado do peemedebista, Gustavo Guedes criticou a velocidade com que a entidade tomou a decisão.
“Foram três dias desde a revelação dos fatos, dois dias de formação da comissão, um dia para o relator elaborar seu voto e nenhum dia para a defesa do presidente”, disse Guedes.
Dividido, o PSDB vai aguardar alguns dias para decidir sobre possível desembarque do governo. Se deixar Temer, dirá que ele perdeu as condições de conduzir as reformas.
Interlocutores da JBS tentam rebater a versão de que os irmãos Batista estão se divertindo em Nova York após abrirem crise política no Brasil. Ressaltam que Wesley Batista não saiu do país desde a homologação da delação e que mantém expediente no escritório do grupo.
Quanto a Joesley, dizem que viajou para o exterior depois de receber ameaças diretas à sua família. O empresário passou três dias em Nova York, mas deixou a cidade há uma semana com filha, neto e outros parentes.  (Painel - Folha de S.Paulo)

sábado, 20 de maio de 2017

Temer diz que segue na Presidência e pede suspensão do inquérito que o investiga


O Presidente afirmou que gravação de conversa com empresário Joesley Batista foi 'manipulada' com objetivos 'subterrâneos'. Ele fez segundo pronunciamento em três dias.

O presidente Michel Temer afirmou nesta sábado (20), em pronunciamento de 12 minutos e meio no Palácio do Planalto, que ingressará no Supremo Tribunal Federal (STF) com um pedido de suspensão do inquérito aberto com autorização do ministro Edson Fachin para investigá-lo por suspeita de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa. O pedido foi protocolado por volta das 16h, depois de concluído o pronunciamento.
Ele também afirmou que não deixará a Presidência da República. "Digo com toda segurança: o Brasil não sairá dos trilhos. Eu continuarei à frente do governo".
Na noite de 7 de março deste ano, Temer recebeu o empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, na residência oficial do Palácio do Jaburu. O empresário registrou a conversa com um gravador escondido e depois apresentou a gravação a investigadores da Operação Lava Jato, da qual se tornou delator.
No pedido de abertura de inquérito ao STF, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que a conversa indica "anuência" de Temer ao pagamento de propina mensal, por Joesley, para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso em Curitiba pela Operação Lava Jato.
"Li hoje no jornal 'Folha de S.Paulo' notícia de que perícia constatou que houve edição no áudio de minha conversa com o sr. Joesley Batista. Essa gravação clandestina foi manipulada e adulterada com objetivos nitidamente subterrâneos. Incluída no inquérito sem a devida e adequada averiguação, levou muitas pessoas ao engano induzido e trouxe grave crise ao Brasil. Por isso, no dia de hoje, estamos entrando com petição no Supremo Tribunal Federal para suspender o inquérito proposto até que seja verificada em definitivo a autenticidade da gravação", declarou o presidente.
Logo após o pronunciamento, o advogado Francisco Assis, que participou do acordo de delação da JBS, afirmou que não houve edição do áudio e divulgou a seguinte nota:
"O áudio reflete uma gravação amadora feita por Joesley, tem 38 a 40 minutos, foi o tempo contando entrada e saída do local. Não há absolutamente nenhuma edição. Temos cópia do material original, está sendo mantida em local seguro. Entendemos o argumento da defesa de questionar, mas lembramos que Temer não nega a reunião e nem os assuntos tratados. Pretendemos fazer uma perícia própria e de forma alguma nos opomos a uma pericia. Só esperamos que o governo não use o sistema para tentar anular o áudio."

'Não estou em silêncio', diz Cunha em carta divulgada por advogado

Ex-deputado também afirmou que nunca pediu qualquer coisa ao presidente Michel Temer.

Carta atribuída a Eduardo Cunha por seu advogado (Foto: Arquivo pessoal)
O ex-deputado Eduardo Cunha disse, em carta divulgada por seu advogado, Rodrigo Rios, que não teve o silêncio comprado e tampouco pediu qualquer coisa ao presidente Michel Temer.
"Estou exercendo meu direito de defesa e não estou em silêncio e tampouco ficarei",
diz um trecho da carta, escrita à mão, datada de quinta-feira (18).
O ex-presidente da Câmara foi condenado por três crimes na Operação Lava Jato, em março deste ano, e está preso no Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.
Leia a íntegra da carta
"Nota:
Com relação aos fatos divulgados referentes à suposta delação do empresário Joesley Batista, tenho a esclarecer o seguinte:
1) Repudio com veemência as informações divulgadas de que estaria recebendo qualquer benefício para me mantar em silêncio.
2) Estou exercendo o meu direito de defesa e não estou em silêncio e tampouco ficarei.
3) São falsas as informações divulgadas atribuídas a Joesley Batista de que estaria comprando o meu silêncio.
4) Jamais pedi qualquer coisa ao presidente Michel Temer e também jamais recebi dele qualquer pedido para me manter em silêncio.
5) Recentemente, após entrevista dele, o desmenti com contundência, mostrando que não estou alinhado em nenhuma versão de fatos que não sejam os verdadeiros.
Eduardo Cunha, 18/05/2017"

Veículo de luxo com mais de R$ 20 mil em débito é apreendido em Petrolina

Segundo a PRF, motorista apresentou documentos com indícios de falsificação. Carro foi parado durante uma fiscalização na BR-428.



Um veículo de luxo, com mais de R$ 20 mil em débitos, foi apreendido neste sábado (20), na BR-428 em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Rodoiária Federal (PRF), o condutor do carro também foi detido por apresentar documentos falsos aos policiais que fizeram a abordagem.
O veículo com placa de Campinas (SP) foi parado pelos agentes da PRF durante uma fiscalização no Km 187 da rodovia. Segundo os policiais, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) apresentava indícios de falsificação. Durante a consulta, foi descoberto R$ 20.154,64 em débitos referentes ao Imposto de Propriedade de Veículo Automotor (IPVA), além de R$ 1.383,36 em multas.
O motorista foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal, em Juazeiro, na Bahia, junto com o carro e o documento falsificado.

Fonte: G1
Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal

sexta-feira, 19 de maio de 2017

CAPITÃO BARROS RECEBERÁ TÍTULO DE CIDADÃO ARARIPINENSE




Na próxima segunda-feira (22.05.2017), as 19h00min, na Câmara dos Vereadores de Araripina - PE, esta marcada uma sessão solene de entrega de Titulo de Cidadão Araripinense ao Capitão PM EDNILSON JOSÉ  DE BARROS.

O Oficial da PMPE teve sua vida no oficialato da PMPE na Região do Araripe, desenvolvendo atividades policiais militares, e de ter participado de várias atividades de cunho social-comunitário.
Bacharel em Direito pela FACISA, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina, ele se formou na primeira turma daquele Estabelecimento de Ensino Superior meados de julho de 2011.

Barros foi coordenador técnico do 1 SETA, Seminário de Educação de Transito do Araripe, ocorrido nos dias 04 e 05 de setembro de 2007. Além de ter sido Coordenador Disciplinar da IV COPA DO ARARIPE DE SELEÇÕES, ocorrida em meados de 2004.
Filho de família simples, fruto do amor de professor e de uma mulher sonhadora das atividades contábeis,  o Capitão Barros, atualmente, tem desenvolvidos seus trabalhos como Comandante da 2ª CPM do 7 BPM, com circunscrição nas cidades de Araripina, Trindade e Ipubi.

Natural do Recife - PE, O Oficial da PMPE, possui 20 anos de serviços prestados na PMPE, sendo possuidor da Medalha do Mérito Policial Militar, além de, também possuir o Titulo de Cidadão  Ouricuriense, recebido em 2010, como também, possui uma Comenda de Benfeitor do Grande Oriente de Pernambuco, também recebido em 2010.

Além  de Bacharel em Direito, ele é  Pos-graduado em Direito Penal e Criminologia pela Urca/CE, como também, possui Cursos na Área de Gestão de Trânsito, Gestão de Recursos Humanos, entre outros ligados ao ramo do Direito e  relacionados à  Atividade Policial Militar.
Na Policia Militar, o Oficial em Destaque já foi Comandante da 1ª, 2ª e 3ª CPMs do 7 BPM,  além de já ter sido Comandante do Policiamento de Transito atuante no Sertão do Araripe, bem como já fora Chefe da Seção de Pessoal  da 7ª CIPM, em Santa Maria da Boa Vista - PE,  cidade em que serviu por 3,5 anos.


Em Araripina, além de ter boa relação com as Autoridades Publicas, lideres comunitários, Professores e pessoas comuns  do povo, BARROS acredita no potencial da região, e nas pessoas que aqui vive,  fazendo com que o Sertão  do Araripe seja a sua segunda casa.


Fonte: Blog do Nilson Macedo

Deputada Roberta Arraes realiza Audiência Pública para apresentação do Relatório de Gestão da Saúde no Estado

   
Em Audiência Pública  realizada hoje (18), na Assembleia Legislativa de Pernambuco, o Secretário Estadual de Saúde, Iran Costa, fez a apresentação do Relatório de Gestão da Saúde no Estado, referente ao III quadrimestre de 2016. A presidente da Comissão de Saúde da Alepe, Deputada Roberta Arraes, conduziu a audiência.
Também estiveram presentes, o Conselheiro Estadual de Saúde, Luiz Sebastião, o representante da OAB/PE, Dr. José Diógenes e a diretora do CREMEPE, Zilda Cavalcante, além dos deputados Eduíno Brito, Lucas Ramos e Rodrigo Novaes.
              O Secretário apresentou no relatório, as ações e investimentos do Governo do Estado para a área da saúde. Para a deputada Roberta Arraes, foram bons resultados "Bons números, o que mostra o comprometimento do governo juntamente com a Secretaria de Saúde, para com a população de nosso estado", disse a deputada.
             Como presidente da Comissão de Saúde, a parlamentar vem trabalhando intensamente junto ao Governo do Estado e Secretária da Saúde "Somo o meu trabalho e esforço para juntos angariarmos melhorias para a saúde dos pernambucanos", finalizou. 

Em Trindade, Dia Nacional Contra Abuso Sexual de Crianças e Jovens é solenizado nesta quinta (18) com Gincana

A Prefeitura de Trindade, através da Secretaria de Desenvolvimento Social realizou nessa manhã de quinta-feira (18) um importante encontro na Praça da Igreja Matriz com a participação dos representantes do Ministério Público, Judiciário, escolas, professores, estudantes, Conselho Tutelar e sociedade civil.
O objetivo do encontro foi de promover um momento de informações aos estudantes sobre seus direitos e deveres, mostrando como eles devem agir em casos que ocorram violência e abuso sexual contra menores de 0 a 18 anos. Palestra, Gincana, faixas e apresentações foram expostas para os alunos que participaram ativamente.
Para o promotor de justiça de Trindade, Dr. Hudson Colodeti participar do evento 18 de maio é uma grande iniciativa, ele explicou como e porque surgiu esse movimento. “Ocorreu no dia 18 de maio de 1973, quando a Araceli Crespo, de 8 anos, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta em Vitória (ES). Os agressores nunca foram punidos, o que deixa todos nós em alerta para que casos como este não fique impune”, disse.
O juiz de Direito da Comarca de Trindade, Dr. Paulo Cassaro falou da importância das denúncias para averiguação de casos para a proteção dos menores. “É muito importante que casos como o da Aracélia não aconteçam mais, e é importante mostrar as crianças e adolescentes de Trindade o conhecimento do que passou para que eles conheçam seus direitos. A participação dos pais, dos educadores são valiosas na educação, pois são eles que tem mais contato com essas crianças.  Casos ocorrem diariamente, de estupros, abusos contra crianças e adolescentes e todos precisam ser denunciados para que sejam tomadas as devidas providências”, disse o juiz. Ele afirmou ainda que o Fórum Municipal está de portas abertas para atender a população.
O prefeito Dr. Everton Costa, em viagem administrativa, foi representado pelo Chefe de Gabinete Dr. Valtenci Assunção que na ocasião mostrou a satisfação de um evento como este poder contar com a presença do juiz e promotor municipal, em que visa defender os direitos das crianças e adolescentes. 'A gestão municipal conta com estes três poderes atuando no município em defesa dos menores", frisou.
Da Assessoria de Comunicação - PMT

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Leite Para Todos vem beneficiando famílias trindadenses

A Prefeitura Municipal de Trindade, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, em parceria com o Governo Estadual traz o Programa Leite de Todos, que busca reduzir as deficiências nutricionais das famílias mais carentes, com prioridade para crianças, gestantes e nutrizes, diária e gratuita de um litro de leite fluido pasteurizado pra família. 
A estratégia estabelecida pelo órgão do Governo envolvidos no programa espera alcançar os seguintes resultados:

  • Redução da mortalidade infantil e incidência de doenças dos beneficiários;
  • Promoção da melhoria dos padrões de saúde e qualidade de vida das famílias carentes;
  • Fortalecimento das cadeias produtivas da bovinocultura;
  • Redução do êxodo rural.
O Programa tem início este ano de 2017 e visa atender, de início, 250 famílias, com a distribuição de 1 litro de leite pasteurizado, diariamente, na zona rural e urbana da cidade. Onde será distribuído o leite 02 vezes por semana aos beneficiários, localizado no Programa PE no Batente, AV. Central Norte, por trás do Honda, sendo nas terças-feiras e sexta-feira de cada semana.
Para a secretária Rosilene Miranda, é uma conquista grande na gestão do prefeito Dr. Everton Costa (PSB), sabendo que os municípios passam por momentos de crise. “As famílias trindadenses vão ter um alimento saudável em suas mesas, podendo melhorar sua renda, pois o dinheiro que era utilizado para o leite, agora irá servir para suprir uma outra necessidade da família”, frisou.
Da Assessoria de Imprensa – PMT

Deputada Roberta Arraes destaca Semana Nacional da Enfermagem

 
A deputada Roberta Arraes (PSB), subiu hoje à tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco, para falar sobre Semana Nacional da Enfermagem, que é comemorada do dia 12 a 20 de maio.
Como presidente da Comissão de Saúde, a parlamentar ressaltou a importância dos profissionais na área da saúde "Estão presentes em todas as etapas do restabelecimento da saúde e da prevenção de doenças", afirmou. 
              Em Pernambuco há cerca de 79 mil profissionais entre enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, segundo o número registrado no Coren - Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco. O órgão fiscaliza e disciplina o exercício desses profissionais.
             Roberta Arraes parabenizou e frisou a valorização que a sociedade deve dar aos enfermeiros "Parabéns por cuidarem tão bem das pessoas, ajudando a fazer o melhor por elas", finalizou.


Ajude Lara

Ainda em seu discurso, a deputada Roberta Arraes pediu o apoio dos demais companheiros deputados e da população em geral, para ajudar Lara, que foi diagnosticada com uma cardiopatia congênita grave e rara, a Síndrome de Hipoplasia do Coração Esquerdo (SHCE).
Por causa deste problema, Lara terá que fazer uma cirurgia logo após o nascimento e realizar mais duas, uma aos 4 meses e outra aos 4 anos com um custo total de 600 mil reais.

Para arrecadar essa quantia, Vanessa, mãe de Lara, e seu pai Elvis, jogador do Salgueiro, informaram em suas redes sociais os dados bancários para quem quiser contribuir:

Número da conta: 47435-7
Agência: 0776
OP: 013
Maria Edna Parente Primo 
Banco: Caixa Econômica 
CPF: 007574834-70

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Troca de Temer: Previdência por autonomia a Suape

Porto do Suape (Marcelo Sayão/EFE/VEJA)
Temer espera empenho do governador pernambucano, Paulo Câmara (PSB), para reverter a decisão da direção do PSB de fechar questão contra a proposta
Veja Online
 O presidente Michel Temer chegará ao Recife na próxima sexta-feira para devolver oficialmente a autonomia do Porto de Suape ao Governo de Pernambuco. Com a autonomia, o Estado poderá fazer a gestão plena do porto, fazendo ele mesmo, por exemplo, a licitação dos terminais.
A devolução é mais um gesto de Temer em busca de apoio à reforma da Previdência. Com a medida, o presidente da República espera contar com empenho do atual governador pernambucano, Paulo Câmara (PSB), para reverter a decisão da direção nacional do PSB de fechar questão contra a proposta.
O governador de Pernambuco, que já defendeu publicamente as reformas trabalhista e da Previdência, é próximo do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. O dirigente partidário lidera movimento dentro do partido que defende independência da legenda em relação ao governo Michel Temer.
A autonomia do porto tinha sido suspensa pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2013, após a promulgação da Lei dos Portos. Na época, a medida gerou atrito entre a petista e o então governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), morto em acidente aéreo em 2014.
Na última quinta-feira, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco (PMDB), esteve no Recife, para preparar a visita de Temer ao local. Na capital pernambucana, Moreira sobrevoou de helicóptero o Porto de Suape.